• Sílvia Ferreira

Por que a unha encrava?

Atualizado: 18 de mai.



Muitas pessoas sofrem com unha encravada. Quando digo muitas, são muitas mesmo, mais da metade das pessoas que procuram um podólogo, reclama de unha encravada, 6 a cada 10 pessoas mais precisamente.


Atire a primeira pedra quem nunca teve dores nos pés alguma vez na vida. A verdade é que muitas vezes você não dá a devida atenção e cuidado necessário para aqueles que carregam e trasportam o seu corpo, com todo o seu peso, para cima e para baixo diariamente.


Mas como identificar se você sofre com unha encravada? Primeiro, você precisa saber exatamente o que é para não confundir com outros tipos de problemas no pé.


Você sabe o que é unha encravada?


Unha encravada é uma inflamação causada pelo canto da unha que cresce em direção a pele, podendo ser unilateral, em um lado só, ou bilateral, nos dois lados do dedo. Geralmente acontece no dedão do pé, e em qualquer faixa de idade, desde recém-nascido até em idosos.


Ela pode aparecer em qualquer fase da vida. No recém-nascido se dá pela posição em que o feto é gerado, nos homens são mais comuns por uso de calçados de bico fino e pela prática de esportes como por exemplo futebol, que podem causar traumas nas unhas dos pés que contribuem para o surgimento da unha encravada. Já nas mulheres (falo isso por experiencia própria por atender várias em minha sala todos os dias), a maioria das causas de unha encravada se dá pelo corte errado ou quando tira a pele do canto da unha e também por manipulação excessiva das cutículas.


A unha encravada, se não tratada a tempo, pode desenvolver um granuloma mais conhecido como “carne esponjosa” que é a defesa do sistema imunológico a fim de proteger a pele do corpo estranho.


Existem três níveis de granuloma na unha encravada:

*Grau 1: Quando possui somente tecido fibroso, e começa a sentir dor no local.


*Grau 2: Possui tecido fibroso e começa a desenvolver um granuloma. Onde além da dor tem inchaço e vermelhidão. Nesse caso não é recomendado tentar solucionar o problema em casa, pela falta de técnica ou contaminação dos matérias que serão utilizados.


*Grau 3: Neste caso já aparecem os dois, mais o granuloma está bem maior e começa a aparecer secreção, pus ou sangramento no local.


Mais muitas outras causas podem contribuir para o surgimento de uma unha encravada, e saber disso pode fazer uma grande diferença afim de evitá-las. Alguns cuidados que se precisa ter e saber, como:


*Corte errado: Essa é a causa mais comum da unha encravada, ao cortar o canto da unha acaba puxando a pele e agredindo a lateral da unha.


*Sapatos apertados: Devidos a sapatos apertados ou inadequados onde o dedão fica espremido dentro do calçado e a unha sofre uma agressão e começa a desenvolver a unha encravada.


*Causas anatômicas e genéticas: Por fatores anatômicos algumas pessoas já nascem com a unha encravada ou vai desenvolver ao longo da vida. Nos casos herdados onde a matriz pode sofrer uma alteração genética, a unha encravada pode virar um problema crônico, e no tipo de pisada se seu pé é plano ou cavo de mais.


*Salto alto: Assim como os sapatos apertados o salto alto é um dos motivos onde pode encravar a unha, uma vez que o salto pressiona a região dos dedos dos pés.


*Higiene: A higiene é um fator de muita importância que deve ter uma atenção especial, tanto para a unha encravada, quanto para outras infecções nos pés.


*traumas nas unhas: Batidas, tropeções, pressão ou objetos pesados que caem sobre a unha que juntam sangue e não é drenado, acaba virando um aporta aberta ara a proliferação de micro-organismos como bactérias ou fungos, já que eles se multiplicam em ambiente úmido e quente.


Dicas da Podo


Agora que você já sabe um pouco sobre esse problema e possivelmente já sofreu ou sofre com uma unha encravada a dica valiosa que vou te dar é lavar muito bem o local com sabão e esponja em água corrente, em seguida passar álcool 70% e por um pequeno pedaço de algodão na lateral da unha, onde o algodão vai agir como um anteparo criando um espaço entre a unha e a pele facilitando assim a cicatrização.


Mais se a unha já apresenta um granuloma como vimos a cima é aconselhável que procure um profissional de podologia que tem a técnica e instrumentos adequado para realizar o procedimento com responsabilidade e segurança.


Clica no botão aqui embaixo e fale com um profissional qualificado por whatsapp. Afinal unha encravada tem solução! Entre em contato para tirar suas dúvidas ou agendar um horário.







#podologia #cuidadocomospes #unhaencravada #onicocriptose #dornope #unhainflamada

13 visualizações0 comentário

Posts recentes

Ver tudo